Recent Visitors

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Você sabe o que é um Narguile?



Você sabe o que é um Narguile?
A origem do Narguile.

Existem diversas hipóteses sobre a origem do narguile. Elas são feitas levando em conta a Europa, América, India, Persia e África. Aqueles que tentam arduamente descrever a história oficial do tabaco mencionam sua origem como americana e a transmissão de modalidades como européia (dos cachimbo comuns até mesmo ao narguile). Este argumento indica que os Europeus teriam ensinado aos povos asiaticos e africanos a fumar, particularmente através de uma tubo. A conseqüência disso é que antes da chegada do tabaco nenhuma erva foi inalada na Europa, Africa ou seja lá onde for.

O Narguile.

O narguile consiste em várias peças: corpo, aro, tubo e piteira.
Corpo: Esta é a peça central do narguile e se parece com um decantador. Esta parte é enchida com água. Essa água limpa a fuligem que é queimada do tabaco e também absorve a nicotina. Ela é geralmente feita de vidro ou metal e você pode também encontrar algumas mais elegantes feitas de porcelana com decorações pintadas em dourado, prateado ou coloridas em diversas cores.
Aro: O tabaco é colocado no topo do narguile que é perfurada e coberto com um aro cilindrico para que a brasa seja protegida do vento.
Tubo: Tubo que transmite a fumaça do narguile. Pode haver mais de um tubo em um narguile para que uma ou mais pessoas possam fumar juntos.
Piteira: Piteira colocada na extremidade do tubo.
Tabaco do Narguile. O tabaco pode ser feito com 2 ou 3 ingredientes principais. O primeiro se chama muessel que significa literalmente "adoçado". Este nome foi dado devido ao ingrediente usado como uma especie de cola tipo melaço ou mel. O melaço é um subproduto do açúcar. O segundo ingrediente é o "tumbak" que é propriamente o tabaco. O terceiro ingrediente seria o "jurak" de origem indiana, pode ser considerado como uma substância intermediária entre as primeiras citadas. Esta substância é muito apreciada na península arabica. As frutas e óleos seriam também adicionadas ao tabaco.

Narguile na sociedade.

O Narguile é popular com jovens e idosos, homens e mulheres (embora seja mais fumado por homens na Turquia). O narguile simboliza a hospitalidade, serenidade e a harmonia. O Narguile é algo a ser fumado em grupos. Os fumantes de narguile fumam em grupos para poderem conversar entre si. Narguile tem uma sentido coletiva embora o conceito seja indivídual.

Narguile no mundo.

O Narguile ainda é usado em vários países no mundo, tal como Líbano, Siria, Jordão, Grécia, Egipto, Líbia, Tunísia, Iemen, Irã, India, Afeganistão e China. Em alguns destes países o narguile é bem mais popular do que na Turquia. A Siria possui uma próspera indústria de produtos de narguile e exporta uma variedade impressionante de narguiles para muitos países da região. Hoje no Egito, mais do que em qualquer outro país, narguiles são exibidos por toda parte. Uma pergunta interessante seria se a produção de filmes no país, transmitida em massa na escala regional, pudesse influenciar o comportamento de fumantes em outros países. Tais comportamentos seriam a origem do renascimento da cultura do narguile em paises como a Tunísia, Siria, Líbano e Jordão.
Atualmente no Irã, o estilo de vida compartilha ao uso do narguile. Por exemplo, em Darban, uma cidade pequena no sul de Teerãn, as mulheres, sozinhas ou acompanhadas com seu marido ou mãe, se encontram nos cafés tradicionais, em uma atmosfera de feriado: sentam-se em um tapete, bebem chá, comem algumas sementes de gira-sol, fumam um narguile e conversam. A India é conhecida historicamente pelo uso do hookah. Em 1840, o Narghile era muito comum durante jantares, na mesa de oficiais militares, e seu gorgolejar era típico de ser ouvido até tarde da noite. Os indianos mais idosos manteram este costume ao viajar ao exterior. O narguile chinês tem uma forma muito peculiar: parece com grande um isqueiro decorado. Seu corpo pequeno é projetado para encaixar pequenos pedaços de tabacos em dois ou três lugares diferentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário