Recent Visitors

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

sábado, 2 de janeiro de 2010

Arabesque!!!!



É difícil encontrar alguma bailarina que não tenha um arabesque em sua coreografia. Ele é um movimento suave e com energia, além de demostrar técnica e postura das boas bailarinas.

Esse passo veio do balé clássico e foi incorporado à dança do ventre e, assim com giros do balé, foi muito utilizado pelas bailarinas da época de ouro da dança do ventre.

O passo parece simples, mas é preciso observar alguns detalhes para que o arabesque saia perfeito:

1) O pé de apoio deve estar firme no chão, e não na meia ponta;

2) A postura tem que ser reta.

3) Tomar cuidado para não haver torção do quadril para frente quando levantar a perna.

4) Ó pé da perna que levanta deve estar estendido.

Há dois tipos de arabesques: o clássico, que é feito com a perna esticada; e o moderno (ou baladi) com a perna dobrada.
Dentro destes dois tipos de arabesques há variações, como arabesque durante ou depois do giro; arabesque com a perna esticada para frente; arabesque para frente seguido de cambrê, brecar o movimento e fazer o arabesque parada... enfim, o que a criatividade permitir.

Fonte: http://mahlikaelhana.blogspot.com/2009/04/arabesque.html

A Importância da Maquiagem para a Dançarina do Ventre ...



A maquiagem é muito importante para a bailarina de dança do ventre!

Nos fragmentos históricos encontrados em terras egípcias, as bailarinas de dança do ventre eram retratadas sempre com os olhos supermaquiados, ressaltando a expressividade do olhar.

Essa expressão que chamamos “olhos árabes” é preservada na atualidade, porque o olhar é um dos principais atrativos da dança, e é a janela da alma da bailarina oriental... é no olhar que passamos toda a emoção e o encanto ao dança do ventre!

Antes de Começar....

Antes de começar a se maquiar para sua apresentação de dança do ventre :

1- Limpe o rosto e seque bem;

2- Prenda os cabelos, para que o rosto fique livre;

3- Procure se maquiar em um local com boa iluminação.

O Uso da Base...
A base é indispensável para corrigir manchinhas, sardas...Em primeiro lugar você deve se preocupar com tipo mais apropriado para a sua pele. Existem bases líquidas, cremosas, em bastão e em pó.
Se sua pele é oleosa, fuja das bases gordurosas. Atualmente, existem bases em pó, mas que também podem ser usadas com uma esponjinha umedecida com um pouquinho de água, para cobrir melhor.

Cuidados com o Acabamento...


O Acabamento:

Depois de colocar a base, se necessário, um corretivo (para olheiras ou pequenas acnes, por exemplo), é conveniente passar um pouco de pó translúcido para eliminar o brilho.

As Sobrancelhas ideais numa apresentação de dança do ventre

Devem estar sempre impecáveis e muito bem traçadas. Se você tem falhas ou possui um sobrancelha ralinha, utilize lápis para corrigir.

Só tome cuidado para fazer os traços finos, no mesmo sentido dos pêlos, e para que os desenhos das duas fiquem iguais, não se esqueça: se você é loira, utilize lápis marrom e se é morena, utilize o cinza e o preto.

Os Olhos que falam do seu estado de ánimo na dança do ventre!

Deve-se ter uma atenção especial aos olhos, pois eles transmitem nossos sentimentos, e tem um papel importantíssimo na dança do ventre, pois é através deles que nos expressamos e damos vida à dança do ventre.
Ilumine a pálpebra, combinando com a roupa de dança do ventre:
Se a roupa tem dourado, sombra dourada cai bem, depois, você pode usar um tom mais escuro para fazer o sombreado, um marrom por exemplo,
Ou, se a roupa for clara, branco pode ficar muito bonito.
Tenha um bom estojo com cores básicas (tons de marrom cobre, ouro, prata e grafite).
Mas também é bom ousar um pouco. Dependendo, pode-se utilizar uma sombra que combine com a roupa de dança do ventre.
Por exemplo uma roupa de dança do ventre verde com dourado - ilumine a pálpebra com dourado, faça um leve sombreado na parte externa da pálpebra e esfumace, misturando levemente com uma sombra verde.
Deve-se ter um bom senso ao utilizar cores como rosa, azul, lilás, etc., pode-se conseguir um efeito muito bonito, ou... a catástrofe total!

Cuidado para não ficar caricato!

O Contorno dos Olhos na dança do ventre
O traço do contorno depende muito do seu olho, mas, em geral, ele deve ser fino e delicado no canto interior e mais espesso no final.
Os olhos devem ser muito bem delineados, pois é uma grande característica da dança do ventre, e sempre deixam um toque de mistério no ar.
Tome cuidado A “puxadinha”, aquele risquinho no canto exterior do olho, que muitas dançarinas orientais fazem, deve ser muito, mas muito sutil. Um risco grande torna o resultado caricato e vulgar. Você vai acabar parecendo uma bailarina de cabaré!
Portanto, tome cuidado e seja sutil e delicada. O traço do lápis deve ser fino, percorrendo toda a linha superior e inferior dos cílios. O delineador pode ser usado no lugar do lápis ou apenas para intensificar o preto.

O Rímel (máscara de cílios)...

Os cílios dão um toque especial ao olhar. Existem muitos tipos de rímel (os que alongam, dão volume, etc.), eu particularmente prefiro os que são à prova de água, porque não mancham, nem escorrem, porém são um pouco difíceis para tirar. Vale a pena investir e comprar um bom.
Dica: não “bombeie” o rímel antes de usá-lo, pois isso diminui a sua durabilidade. Para quem é loira, uma boa opção é usar rímel marrom.

O Blush...

Deve combinar perfeitamente com seu tom de pele. Se sua pele for clara, opte por tons de rosa, salmão claro (mas nada de rosa pink ou vermelho, por favor...).
Se for morena, acobreados são uma boa opção. Pele clara ou morena fuja dos alaranjados! Os “blushes” em bastão ou cremosos, também são uma boa opção.
O blush deve ser utilizado apenas para dar um aspecto mais “saudável” ao rosto.
Para aplicar o blush, sorria e espalhe-o com um pincel redondo na parte mais alta das maçãs do rosto.

A Boca...

Uma boca bem delineada é muito sensual. Use um lápis especial para delinear lábios antes e certifique-se de que o contorno combine perfeitamente com o batom.
Quem tem lábios finos, pode torná-los maiores utilizando um contorno com lápis mais claro, porém se quiser uma boca bem marcada, opte por um tom mais escuro. As bailarinas egípcias costumavam usar vermelho nas unhas e boca.
No entanto, é necessário tomar cuidado com essa cor... alguns são muito berrantes, outros podem escorrer e causar uma verdadeira catástrofe!
Se você gosta de usar tons de vermelho sangue e vinho, o melhor a fazer é aplicar o batom com um pincel ao invés do bastão, a camada fica mais fina, mais natural e não escorre.
Tal vez você prefira dar mais atenção aos olhos, e nos lábios, fazer um contorno “cor de boca”, passar um “brilhozinho” pra ficar com a boca mais vermelhinha e só.
Outra boa opção são os batons de longa duração disponíveis no mercado, eles são mais “secos” porém mais macios. Depois que você aplica, ele seca e não escorre de jeito nenhum.
O inconveniente deles é que alguns às vezes podem rachar depois de algum tempo, devido às “ruguinhas” naturais dos lábios e precisam ser reaplicados.

Cuidado com os Exageros...

A maquiagem exagerada envelhece e se torne pesada.
Fazer um arco-íris nos olhos não vai dar melhor efeito do que usar poucos tons em prefeita harmonia. A maquiagem deve ser sensual, mas com um toque de sutileza para não parecer vulgar.
. Seu rosto deve ser bonito de ser admirado de longe (como em um show de palco) e de perto (como em um restaurante).

Lembre-se: exageros com maquiagem só são permitidos do carnaval. A maquiagem não precisa ser exagerada para ser notada.
Observação...

Ao fim da apresentação de dança do ventre , limpe bem a pele, e tire toda a maquiagem, utilize produtos sem álcool. Lave bem o rosto com um sabonete cremoso (os de erva doce são ótimos), ou próprio para o rosto. Em seguida, passe um tônico e um hidratante.

Para retirar a maquiagem dos olhos, use removedores específicos para este área, pois a região da pálpebra é delicada.

Hidrate sempre os lábios e jamais durma maquiada! Isso é um atentado à pele.

Demais cuidados para com a sua apresentação de dança do ventre:

Cabelos...

Todo mundo, quando pensa em um a bailarina de dança do ventre, imagina uma mulher com cabelos longos, dizem que essa é a preferência da dança árabe, mas, se você não possui uma “vasta cabeleira” não entre em pânico, não leve isso muito a sério!
Pense que um cabelo bem cuidado, macio e brilhante já basta, não importa se é liso ou enrolado.
Tal vez o seu cabelo esta em fase de crescimento, e você pense em comprar um aplique, que tal se você desiste da idéia?. Por que seguir um padrão? Por que não ousar?!
Tal vez você goste de fazer um penteado que deixe meu rosto em evidência. Vala a pena inovar!
Se você tem cabelos cacheados, pode-se fazer uma super escova, ou usá-los ao natural, ou até mesmo fazer uma trança... prendê-los de um jeito diferente.
Muitas vezes um arranjo bonito faz toda a diferença no visual!
Para a dançarina de dança do ventre que tinge os cabelos: não deixe de fazer uma hidratação de vez em quando!
Cabelos tingidos são mais frágeis Nunca deixe a raiz em evidente. Da um ar de desleixo.

Mãos e Pés...

Devem estar sempre com as unhas feitas, ou se não, impecavelmente limpas e bem tratadas. Não há nada mais feio que unha suja e pé cascudo!!!


Fonte: Odalisca Costumes!

Os Mandamentos da Dança do Oriente!!!

1º Não existem Mulheres feias na “Dança do Oriente”. Não há um protótipo de Beleza, há sim diferentes formas de ser Bela.Saber reconhecer e valorizar as particularidades e qualidades que nos tornam únicos é meio caminho andado para gostarmos de Nós.

2º Tudo é reaprendido.Reaprende-se a DANÇAR, a RESPIRAR, A EXPRESSAR-SE PELO OLHAR, PELO CORPO, PELO SORRISO, PELO CARISMA.Partir para a aprendizagem com a postura de uma criança que está disponível e totalmente aberta para descobrir a Vida.

3º Jamais dizer para si própria que não consegue realizar um movimento ou executar um passo só porque tem dificuldades ao tentar fazê-lo! Uma dificuldade é um desafio e não passa de um instrumento de evolução do Aluno.
O Subconsciente é a sede do hábito e só regista o que é Bom ou Mau e não discerne o Certo do Errado, computando simplesmente tudo o que nós lhe ordenamos.O nosso Corpo funciona em função do que nós acreditamos que ele é ou não capaz de fazer.

4º ”JÁ ESTOU VELHA PARA COMEÇAR DANÇA DO VENTRE”- Puro engano!
A experiência em todas as partes do mundo, principalmente no mundo árabe, comprova que as mulheres mais maduras são as melhores porque sabem acrescentar toda a sua experiência de vida à Dança com uma sensualidade intensa, mais enraizada e profunda.Muitas delas poderão desenvolver essa Sensualidade pela primeira vez mas trazem já consigo a maturidade que tanto enriquece a prestação nesta Dança.Temos de ver que se trata de uma Dança que depende muito da Técnica mas também da riqueza interior de quem a executa e, quanto mais e melhor tivermos vivido, mais teremos para transmitir.

5º ”OS HOMENS NÃO PODEM FAZER DANÇA DO VENTRE” .Não existe nenhuma lei que o proíba.Embora tenha sido uma Dança que nasceu (pela sua Origem, Simbologia, Movimentos específicos) para a Mulher e o Homem não possua o Ventre Feminino nem nenhuma das principais formas sublinhadas nesta Dança, poderá usufruír dos seus imensos benefícios sem que para isso tenha de ser menos masculino.A comprovada força muscular e o desbloqueio sexual são apenas alguns dos pontos a seu favor.

6º Procurar o(a) Professor(a) que nos parecer mais profissional e frequentar aulas de diferentes estilos.Assim que tenhamos encontrado a pessoa com quem queremos encetar a Aprendizagem, CONFIAR nessa pessoa e OUVI-LA, aproveitar ao máximo os conhecimentos que ela possui e não ter receio de levantar dúvidas, matar curiosidade sobre assuntos relacionados com a Dança, fazer sugestões produtivas quando se proporcionar a ocasião, PARTICIPAR de forma activa na aula!

7º É bom certificarmo-nos de que o(a) Professor(a) com quem aprendemos aplica em si os cuidados que também devem ser dos alunos.Um Profissional que não conhece nada de Anatomia Básica, Cinesiologia e Pedagogia não poderá defender a sua própria saúde quanto mais a dos outros!É importante que o aluno seja alertado com o fim de obter uma boa postura, de defender e conhecer o seu corpo para não se magoar na execução de determinados movimentos.Um profissional desta área que não alerte sobre estas questões é no mínimo, inconsciente da irresponsabilidade que está a cometer.

8º Não existe quem dance mal, existem sim pessoas cujo movimento não está trabalhado e, acima de tudo, diferentes formas de Dançar, sem que uma maneira de o fazer tenha que ser melhor que a outra.

9º Em última instância e, não obstante toda a Técnica e treino que é necessário ter, ninguém nos ensina a Dançar, já nasce connosco...Trata-se de uma linguagem universal e não-verbal que expressa o que de mais profundo e instintivo somos e está latente dentro de nós desde que nascemos.Esta Dança dá a oportunidade para descobrirmos esse prazer do movimento que parte de dentro e só depois tem a urgência de se exprimir perante o mundo.

10º Aceitar que não se aprende a Dançar de um dia para o outro e ser paciente para com o nosso próprio Corpo.Este é um dos casos em que raramente o Intelecto acompanha o ritmo do Corpo.Temos de aprender a respeitar esse ritmo interno que a Cabeça não controla e que nos leva a subir degrau a degrau, passando pelas dificuldades necessárias a todo o Crescimento. Não querer acelerar esse processo de aprendizagem e deixar-se levar é já cinquenta por cento de sucesso garantido!

11º Partir do princípio que todas as aulas devem ser vividas com PRAZER e DESCONTRACÇÃO, sem inibições e vencendo inseguranças que não fazem sentido.Mesmo os movimentos mais difíceis de serem executados podem e devem ser feitos procurando o Gozo e a alegria, sentimentos positivos que vão de encontro à natureza desta Dança.
Ter consciência de que a Felicidade é a primeira e última meta a atingir nesta Dança mágica e ela serve para exprimir uma vivência que se quer rica e colorida de experiências, de Amor, de Luta constante pelos nossos Sonhos!
Saber viver é um dos maiores trunfos de uma Bailarina!


Fonte: www.joanabellydance.com

Dança com Candelabro!!!


Dança com candelabro, eu estou do lado direito, na frente. Adorei esta foto!!!

Ano Novo!!!

FELIZ ANO NOVO!!!!!!!!!!!!!!!