Recent Visitors

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Isis e Osiris!!!!



A LENDA DE ISIS E OSIRIS


Conta a lenda que Seth com inveja de Osiris, por este ter herdado o reino do pai na terra, engendrou um plano para matá-lo e assim usurpar o poder. Quando Osiris dormia, Seth tirou suas medidas e ajudado por 72 conspiradores, mandou construir um esquife com as medidas exatas de Osiris. Organizou um banquete e lançou um desafio, aquele que coubesse no esquife o ganharia de presente. Todos os deuses entraram e não se ajustaram.Assim que Osiris entrou no esquife, Seth o trancou e mandou jogá-lo no rio, a correnteza o levou até a Fenícia. Ali ficou preso em uma planta até fazer parte do caule, que foi usado para construir uma coluna o "Djed".Isis partiu em busca do esposo, e após muitas aventuras, conseguiu regressar ao Egito com a caixa, que escondeu em uma plantação de papiro. Seth a descobriu e cortou o corpo de Osiris em quatorze pedaços, que espalhou pelo Egito. Novamente Isis parte em busca dos despojos do esposo e dessa vez ajudada pela irmã Néftis, transformadas em milhafres (espécie de ave de rapina, semelhante ao abutre), encontram todas as partes de Osiris, exceto o órgão genital, que havia sido devorada por um peixe o Oxirincos.
Isis foi ajudada por Anubis que embalsamou Osiris, e este tornou-se a primeira múmia do Egito. Utilizando seus poderes mágicos, Isis, conseguiu que Osiris a fecundasse e dessa união nasceu Horus.Seth iniciou uma luta pelo poder que envolveu todos os deuses. Por fim o próprio Osiris a partir do outro mundo, ameaçou mandar levantar todos os mortos se não fosse feita a justiça.Rá e um tribunal de deuses estabeleceram que a sucessão fosse hereditária, e assim, Hórus pôde reinar.Dessa maneira o Faraó em vida convertia-se em Hórus e ao morrer identificava-se com Osiris, o soberano do Além, considerando-se igual ao deus.

Deuses Egípcios!!!!


Considerados como divindades supremas dentro do limite de determinada região, alguns deuses adquiriram prestígios nacional com a evolução política e o predomínio de sua cidade sobre todo país. Vamos falar sobre alguns deuses mais conhecidos.


Amon - deus de Tebas, conseguiu prestígio nacional, sendo identificado com Rê, o Sol, passando a denominar-se Ámon- Rê. Era representado sob a forma humana.


Anúbis - deus de Cinópolis, dos embalsamadores e da mumificação, representado como homem com a cabeça de chacal.


Atum - deus de Heliópolis, criador dos deuses, do homem e da ordem divina.


Hórus - deus falcão, filho de Osíris e Isis, deus do céu e dos faraós.


Isis - guardiã, deusa da mágica. É a mais famosa de todas as deusas egípcias, representada como uma mulher tendo na cabeça o hieróglifo de seu nome, e um abutre, simbolizando a sua maternidade.


Osíris - o mais popular deus do Egito Antiga, deus da fecundidade, soberano do mundo dos mortos, representado como homem com a cabeça coberta por uma tiara.Ptah - deus de Mênfis, considerado o pai de todos os deuses, criador do mundo.Seth - deus da desordem dos desertos, das tempestades e da guerra.


Tot - deus da escrita, sabedoria, da lua e da contagem, representado em forma humana com a cabeça de íbis.Os deuses cósmicos - ele não tinham nenhum poder ligado a uma determinada região, não sendo então em sua maioria objeto de culto. Exemplo: Num- o oceano, que cercava o mundo, a água primordial, origem de todas as coisas.Os deuses estrangeiros - alguns dos deuses estrangeiros recebiam culto popular e as vezes até mesmo oficial. Exemplos: Astarte- deusa semífica do amor e da guerra.


Baal- deus fenício da tempestade e dos combates.


Os gênios - os egípcios acreditavam na existência de uma infinidade de gênios que influenciavam na vida cotidiano muito mais do que os grandes deuses. Exemplos: gênio da fertilidade, do solo, gênio da inundação.


Homens divinizados - os faraós apareciam em primeiro lugar como homens divinizados, considerados deuses já em vida, recebiam após a morte, um culto especial em seu templo funerário.

domingo, 28 de outubro de 2007

Postura de uma dançarina!


“In” e “Out” na dança do ventre


A dança do ventre compreende um universo infindável de informações envolvendo aprendizado, estilos, costumes... Isso sem falar nos detalhes importantes que devem ser observados,que fazem parte da imagem da bailarina: roupas, acessórios, maquiagem etc.

Vamos ver alguns destes itens segundo especialistas: Para uma bela maquiagem, o ideal é ter uma pele limpa , bem cuidada, com aparência viçosa, hidratada e maquiada sem exageros, aplicando a quantidade certa, procurando harmonia ,com traços delicados que apenas valorize seu rosto sem torná-lo carregado, é preferível não usar delineador do que fazer um traço grosseiro.“In” segundo a mestra Samira Samia, é aproveitar a transformação mental, física e emocional que a dança proporciona.

Já “Out” é a falta ética. Uma dançarina deve ter humildade, e não sofrer de “lantejoulite aguda”, segundo o percussionista Mauricio Mouzayek, ou seja, não deixar o sucesso subir à cabeça! Entre os árabes há o tradicional costume depresentear as bailarinas com dinheiro durante a dança comoforma de demonstrar que o trabalho dela está agradando, masse trata de um ato de muito respeito e sem qualquer malícia, mas é considerado muito desagradável quando uma bailarina,percebendo que determinada pessoa está disposta apresenteá-la, se posta ao lado da mesa onde tal pessoa estásentada por um tempo interminável, agindo assim de forma grosseira.

“In” segundo Robby Moutinho, estilista, é a profissional ser original, ter bom gosto, escolher trajes que combinem com sua personalidade, escolhendo roupas adequadas a seu corpo,cuidando para não causar uma poluição visual, lembre-se: bailarina não é árvore de natal!É isso aí! Como em tudo na vida, existem pequenas regras, que seguidas, seu êxito será infalível.

Dance! Reverencie a vida!

( fonte: jornal oriente encanto e magia)

sábado, 27 de outubro de 2007

Orações a Deuses do Egito!!!!!!!


ORAÇÕES A DEUSES DO EGITO


Uma antiga oração para Hórus: "Por ele o mundo é julgado naquilo que contém. O céu e a Terra encontram-se sob sua presença imediata. Governa todos os seres humanos. O Sol dá volta segundo sua vontade. Produz abundância e a distribui pela Terra. Todos adoram sua beleza. Doce é seu amor em nós”.

Oração para Rá:“Senhor dos tronos da Terra... Senhor da verdade, Pai dos deuses, Criador do Homem, Criador dos animais. Senhor da existência, Iluminador da Terra, que navega tranqüilamente nos céus... Todos os corações se abrandam ao contemplá-lo, Soberano da vida, da saúde e da força! Adoramos teu espírito, o único que nos criou.”

Uma oração de amor ao Sol (Rá)"Vou respirar o doce hálito da tua boca. A cada dia, vou contemplar a tua beleza... Dá - me tuas mãos, carregadas de teu espírito, a fim de que eu te receba e viva por ele. Chama o meu nome do decorrer da eternidade: ele jamais faltará ao teu apelo."Este hino foi encontrado no sarcófago de Amenófis IV (Akhenaton)

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Olho de Hórus


OLHO DE HÓRUS


Olho de Hórus (originalmente, O Olho de Rá) é um símbolo, proveniente do Egito Antigo, que significa proteção e poder, relacionado à divindade Hórus ou Rá. Trata-se de um dos amuletos mais usados no Egito em todas as épocas.Segundo a lenda de Osíris, na sua vingança, Seth arrancou o olho esquerdo de Hórus que foi substituído por este amuleto. Depois da sua recuperação, Horus pode organizar novos combates que o levaram à vitória decisiva sobre Seth. O Olho de Hórus simbolizava poder real. Os antigos acreditavam que este símbolo de indestrutibilidade poderia auxiliar no renascimento, em virtude de suas crenças sobre a alma. Este símbolo aparece no reverso do Grande selo dos Estados Unidos da América.O Olho Direito de Hórus representa a informação concreta, factual, controlada pelo hemisfério cerebral esquerdo. Ele lida com as palavras, letras, e os números, e com coisas que são descritíveis em termos de frases ou pensamentos completos. Ele aborda o universo de um modo masculino.
O Olho Esquerdo de Hórus representa a informação estética abstrata, controlada pelo hemisfério direito do cérebro. Lida com pensamentos e sentimentos esotéricos e é responsável pela intuição. Ele aborda o universo de um modo feminino. Nós usamos o Olho Esquerdo, de orientação feminina, o lado direto do cérebro, para os sentimentos e a intuição. Hoje em dia, o Olho de Horus adquiriu também outro significado e é usado para evitar o mal e espantar inveja (mau-olhado), mas continua com a idéia de trazer vigor e saúde.

domingo, 14 de outubro de 2007

Elemento Terra!



O ELEMENTO TERRA
O elemento Terra é a nossa força de sustentação, de equilíbrio e de realidade. A ligação que o ser humano tem com a Terra é muita intensa, até mesmo na formação de seu corpo físico que é composto, como a Terra, de água, ferro, iodo, cálcio, sódio etc.Gnomos e duendes são os elementais que simbolizam o elemento terra. Eles têm a capacidade de captar e absorver a energia do Sol e distribuí-la para todos os seres do Planeta.
DESEQUILÍBRIO DO ELEMENTO TERRA falta: pode levar a pessoa a se sentir desligada do mundo, perder o senso da realidade, sentir-se como se não tivesse nenhum lugar para ficar, sentir falta de contato com o corpo físico. Essa sensação de estar deslocada leva a alguma experiência como transcender os limites da matéria - dedicando-se à vida espiritual. Muitas vezes, faz ignorar os requisitos da sobrevivência do mundo material e a experiência do trabalho duro.O excesso: causa estreita visão e mudanças vocacionais. O trabalho e o dinheiro dominam a vida da pessoa.
EXERCÍCIOS PARA EQUILIBRAR O ELEMENTO TERRA: coreografia com música de batuques e sons primais e, em sequência, sons melodiosos; cestas e peneiras com frutos e flores encenam e saúdam o elemento terra; andar na terra, massagear os pés. O elemento terra em equilíbrio reforça o nosso senso de realidade e nos proporciona vitalidade e equilíbrio.